Página oficial do livro: Educação Física e Regime Militar: Uma Guerra Contra o Marxismo Cultural Alessandro Barreta Garcia

19/09/2015 20:42

Página oficial do livro:

Educação Física e Regime Militar: Uma Guerra Contra o Marxismo Cultural

Alessandro Barreta Garcia

Existe uma evidente e perigosa influência do marxismo na educação física brasileira, e apontar algumas soluções para este estorvo é um dever cívico. Assim, é urgente a necessidade de esclarecer que as categorias utilizadas pelo marxismo, de forma contrária ao esporte, não encontram justificativa para existir. Logo, mergulhar em um resgate teórico das aulas de educação física durante os anos do ciclo militar é obrigação de todos aqueles preocupados em desmistificar o período, libertando-o das trevas e o do obscurantismo que lhe impuseram como retórica raivosa e histérica de uma esquerda revanchista e ultrapassada.

https://www.facebook.com/Educa%C3%A7%C3%A3o-f%C3%ADsica-e-regime-militar-uma-guerra-contra-o-marxismo-cultural-316663585185993/timeline/

Diversos autores com viés marxista insistem na ideia de considerar a técnica aplicada à educação física, uma técnica imutável, acrítica e mecânica. Esta é mais uma invenção marxista é claro.

Segundo o Manifesto Mundial
de Educação Física (1971), a técnica pode ser definida da seguinte forma:

As técnicas são os “instrumentos” – infinitamente variados e em contínua evolução – a utilizar em função de claras
intenções educativas e de dados particulares (estados dos indivíduos, condições materiais etc.). (p. 12).

Link do livro: http://www.pacolivros.com.br/Educacao-Fisica-e-Regime-Militar/prod-3756664/