Orlando Lovecchio Filho, mais uma vítima da guerrilha no Brasil

14/05/2011 18:08

Assista seu depoimento em: http://www.sbt.com.br/amorerevolucao/depoimentos/?c=205

 

À primeira hora de 20 de março de 1968, o jovem Orlando Lovecchio Filho, 22 anos, deixou seu carro numa garagem da Avenida Paulista e tomou o caminho de casa. Uma explosão arrebentou-lhe a perna esquerda. Pegara a sobra de um atentado contra o consulado americano, praticado por terroristas da Vanguarda Popular Revolucionária. (Nem todos os militantes da VPR podem ser chamados de terroristas, mas quem punha bomba em lugar público, terrorista era).

Trecho extraído de: http://www.ternuma.com.br/ternuma/index.php?open=2&data=117