Educação grega e jogos olímpicos.... Agora pela Amazon

27/10/2013 13:09

O que podemos considerar com a comparação entre os períodos: clássico e helenístico é que ao contrário do que sugere parte da literatura disponível sobre os Jogos Olímpicos, o declínio do espírito olímpico não se inicia no período romano e sim no período helenístico. Uma das causas mais importantes para se compreender esse declínio helenístico é o entendimento da categoria política na qual transfere o status de cidadão/soldado para súdito (soldado/profissional ou atleta/ profissional). Dessa forma o profissionalismo se realizou como efeito da mudança política e não como a própria causa das mudanças ocorridas do período clássico para o helenístico.

Apesar de se observar um aumento quantitativo a partir do maior número de cidades participantes, bem como, do maior número de instalações esportivas, tais como: palestras estádios e ginásios, a formação qualitativa com base na ideia de integração com a cidade e com os deuses diminuiu consideravelmente no período helenístico, uma vez que não houve mais uma integração com a cidade-Estado como percebida no período clássico.

Dessa forma o profissionalismo das práticas esportivas se torna evidente tanto nos jogos olímpicos como no meio militar e o espírito olímpico se enfraquece mediante a força exercida pela questão econômica, fenômeno este que assola nossos eventos nos dias de hoje e que a mídia e a sociedade em geral resistem em admitir. Alessandro Barreta Garcia

http://www.amazon.com.br/Educa%C3%A7%C3%A3o-ol%C3%ADmpicos-Alessandro-Barreta-Garcia-ebook/dp/B00FKYC3CO/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1382886435&sr=8-1&keywords=educa%C3%A7%C3%A3o+grega

Autor: Alessandro Barreta Garcia