Caros eleitores, não esqueçam esses nomes; anotem para nunca mais lhes dar seu voto!

01/07/2015 12:22

01/07/2015

às 10:58 \ Legislação, Lei e ordem
 

Quase 90% dos brasileiros, segundo pesquisas de opinião, queriam a redução da maioridade penal, cansados da impunidade desses marmanjos assassinos tratados como “vítimas da sociedade” pela esquerda canalha. Pois bem: a medida não passou por apenas 5 votos! O PSDB teve… cinco deputados que votaram contra! Abaixo, a lista dos deputados que ficaram contra o desejo da imensa maioria dos brasileiros:

DEM

Professora Dorinha Seabra Rezende (TO) Não

PCdoB

Alice Portugal (BA) Não
Aliel Machado (PR) Não
Carlos Eduardo Cadoca (PE) Não
Chico Lopes (CE) Não
Daniel Almeida (BA) Não
Davidson Magalhães (BA) Não
Jandira Feghali (RJ) Não
Jô Moraes (MG) Não
João Derly (RS) Não
Luciana Santos (PE) Não
Orlando Silva (SP) Não
Rubens Pereira Júnior (MA) Não
Wadson Ribeiro (MG) Não

PDT

Abel Mesquita Jr. (RR) Não
Afonso Motta (RS) Não
André Figueiredo (CE) Não
Dagoberto (MS) Não
Damião Feliciano (PB) Não
Félix Mendonça Júnior (BA) Não
Flávia Morais (GO) Não
Giovani Cherini (RS) Não
Marcelo Matos (RJ) Abstenção
Mário Heringer (MG) Não
Pompeo de Mattos (RS) Não
Roberto Góes (AP) Não
Ronaldo Lessa (AL) Não
Sergio Vidigal (ES) Não
Subtenente Gonzaga (MG) Não
Weverton Rocha (MA) Não
Wolney Queiroz (PE) Não

PHS

Adail Carneiro (CE) Não
Diego Garcia (PR) Não
Kaio Maniçoba (PE) Não

PMDB

Carlos Bezerra (MT) Não
Celso Maldaner (SC) Não
Celso Pansera (RJ) Não
Darcísio Perondi (RS) Não
Dulce Miranda (TO) Não
Elcione Barbalho (PA) Não
Jarbas Vasconcelos (PE) Não
João Arruda (PR) Não
João Marcelo Souza (MA) Não
José Fogaça (RS) Não
Josi Nunes (TO) Não
Lelo Coimbra (ES) Não
Lindomar Garçon (RO) Abstenção
Marinha Raupp (RO) Não
Osmar Terra (RS) Não
Saraiva Felipe (MG) Não
Simone Morgado (PA) Não
Washington Reis (RJ) Não

PP

Conceição Sampaio (AM) Não
Ricardo Barros (PR) Não
Waldir Maranhão (MA) Não

PPS

Arnaldo Jordy (PA) Não
Carmen Zanotto (SC) Não
Eliziane Gama (MA) Não
Hissa Abrahão (AM) Não
Marcos Abrão (GO) Não
Raul Jungmann (PE) Não
Roberto Freire (SP) Não
Rubens Bueno (PR) Não

PR

Clarissa Garotinho (RJ) Não
Zenaide Maia (RN) Não

PROS

Beto Salame (PA) Não
Domingos Neto (CE) Não
Dr. Jorge Silva (ES) Não
Givaldo Carimbão (AL) Não
Hugo Leal (RJ) Não
Leônidas Cristino (CE) Não
Miro Teixeira (RJ) Não
Rafael Motta (RN) Não

PSB

Átila Lira (PI) Não
Bebeto (BA) Não
César Messias (AC) Não
Fernando Coelho Filho (PE) Não
Flavinho (SP) Não
Glauber Braga (RJ) Não
Heitor Schuch (RS) Não
Heráclito Fortes (PI) Abstenção
Janete Capiberibe (AP) Não
João Fernando Coutinho (PE) Não
Jose Stédile (RS) Não
Júlio Delgado (MG) Não
Leopoldo Meyer (PR) Não
Luiza Erundina (SP) Não
Maria Helena (RR) Não
Paulo Foletto (ES) Não
Tadeu Alencar (PE) Não
Tenente Lúcio (MG) Não
Tereza Cristina (MS) Não
Valadares Filho (SE) Não

PSC

Marcos Reategui (AP) Não
Silvio Costa (PE) Não

PSD

Fernando Torres (BA) Não
Paulo Magalhães (BA) Não

PSDB

Betinho Gomes (PE) Não
Eduardo Barbosa (MG) Não
João Paulo Papa (SP) Não
Mara Gabrilli (SP) Não
Max Filho (ES) Não

PSOL

Chico Alencar (RJ) Não
Edmilson Rodrigues (PA) Não
Ivan Valente (SP) Não
Jean Wyllys (RJ) Não

PT:

Adelmo Carneiro Leão (MG) Não
Afonso Florence (BA) Não
Alessandro Molon (RJ) Não
Ana Perugini (SP) Não
Andres Sanchez (SP) Não
Angelim (AC) Não
Arlindo Chinaglia (SP) Não
Assis do Couto (PR) Não
Benedita da Silva (RJ) Não
Beto Faro (PA) Não
Bohn Gass (RS) Não
Caetano (BA) Não
Carlos Zarattini (SP) Não
Chico D Angelo (RJ) Não
Décio Lima (SC) Não
Enio Verri (PR) Não
Erika Kokay (DF) Não
Fernando Marroni (RS) Não
Gabriel Guimarães (MG) Não
Givaldo Vieira (ES) Não
Helder Salomão (ES) Não
Henrique Fontana (RS) Não
João Daniel (SE) Não
Jorge Solla (BA) Não
José Airton Cirilo (CE) Não
José Guimarães (CE) Não
José Mentor (SP) Não
Leo de Brito (AC) Não
Leonardo Monteiro (MG) Não
Luiz Couto (PB) Não
Luiz Sérgio (RJ) Não
Luizianne Lins (CE) Não
Marco Maia (RS) Não
Marcon (RS) Não
Margarida Salomão (MG) Não
Maria do Rosário (RS) Não
Moema Gramacho (BA) Não
Nilto Tatto (SP) Não
Odorico Monteiro (CE) Não
Padre João (MG) Não
Paulão (AL) Não
Paulo Pimenta (RS) Não
Paulo Teixeira (SP) Não
Pedro Uczai (SC) Não
Professora Marcivania (AP) Não
Reginaldo Lopes (MG) Não
Rubens Otoni (GO) Não
Ságuas Moraes (MT) Não
Sibá Machado (AC) Não
Toninho Wandscheer (PR) Não
Valmir Assunção (BA) Não
Valmir Prascidelli (SP) Não
Vander Loubet (MS) Não
Vicente Candido (SP) Não
Vicentinho (SP) Não
Wadih Damous (RJ) Não
Waldenor Pereira (BA) Não
Weliton Prado (MG) Sim
Zé Carlos (MA) Não
Zé Geraldo (PA) Não
Zeca Dirceu (PR) Não

PTB

Alex Canziani (PR) Não
Antonio Brito (BA) Não
Deley (RJ) Não
Eros Biondini (MG) Não
Luiz Carlos Busato (RS) Não
Pedro Fernandes (MA) Não

PTC

Uldurico Junior (BA) Não

PTN

Bacelar (BA) Não
Christiane de Souza Yared (PR) Não

PV

Dr. Sinval Malheiros (SP) Não
Evair de Melo (ES) Não
Evandro Gussi (SP) Não
Fábio Ramalho (MG) Não
Sarney Filho (MA) Não

Solidariedade

Augusto Carvalho (DF) Não
Aureo (RJ) Não
Expedito Netto (RO) Não
JHC (AL) Não
José Maia Filho (PI) Não

Sem partido

Cabo Daciolo RJ Não

Esses foram os deputados coniventes com a impunidade, que traíram o Brasil, que ignoraram a demanda da grande maioria da população brasileira, cansada de ser vítima da violência de galalaus que depois ficam livres, leves e soltos, sem registro criminal e tudo. Não esqueçam esses nomes. Anotem, imprimam num pedaço de papel, para jamais votarem neles novamente. O brasileiro precisa aprender a ter memória, a exercitar seu papel cívico, pois os políticos contam com a amnésia nas eleições. Estamos aqui para ajudá-los. Salvem esse link para revisitá-lo durante as próximas eleições.

Nem preciso dizer que o PT inteiro votou contra a redução da maioridade penal, representando a metade dos votos contrários. O PSOL, linha auxiliar do PT, fez o mesmo, mas com menor quantidade de deputados. O DEM votou quase todo a favor da redução, como fez o PRB. O PSDB, ao não articular um voto em bloco da legenda, permitiu que cinco deputados passassem para o lado de lá, engrossando o coro da impunidade, agindo como cúmplices do PT. Anotem em especial esses nomes, pois quem tem uma “direita” (risos) assim, nem precisa de esquerda. Um dia lamentável para o Brasil…

PS: Incluí na lista as abstenções pois covardia tem limite, e se omitir em uma votação tão importante e apertada dessas é votar contra, é ser conivente com a impunidade também.

Rodrigo Constantino

Fonte: http://veja.abril.com.br/blog/rodrigo-constantino/legislacao/caros-eleitores-nao-esquecam-esses-nomes-anotem-para-nunca-mais-lhes-dar-seu-voto/